Fale Conosco
  • phone
    (11) 4606-4469
  • location_on

    Rua Araçari, 91- Parque Guarani Várzea Paulista - SP 

Deixe sua Mensagem

Integração Bancária, Financeira e Contábil com arquivos CNAB 240 e 400

Integração Bancária, Financeira e Contábil com arquivos CNAB 240 e 400

Cnab2 - Sobit - Empresa especializada em automação contábil e comerciais - Integração Bancária, Financeira e Contábil com arquivos CNAB 240 e 400

Integração Bancária, Financeira e Contábil com arquivos CNAB 240 e 400

 

Muitas vezes utilizamos os extratos bancários em .OFX, .OFC, planilhas Excel e ainda em .PDF, para realizar integração financeira e contábil, porém todos estes, embora nos ajudem muito na automação de rotinas em nossas empresas, estes arquivos ainda trazem alguns pontos de atenção e aqui vou falar um pouco sobre dois deles:

 

  1. Recebimentos/cobrança via boleto;
  2. Pagamentos via remessa e/ou em lote;

 

No primeiro temos o envio de “N” boletos aos clientes e quando o pagamento é feito este valor é disponibilizado em um único apontamento/lançamento em nosso extrato bancário, logo no dia seguinte ao pagamento. O mesmo acontece com o 2º ponto de atenção, quando enviamos uma remessa para pagamentos utilizando por exemplo o Sispagfor, em nosso extrato bancário vemos apenas 1 lançamento para “N” fornecedores pagos.

Contabilidade Para Pequena Empresa Fazer Internamente Ou Terceirizar - Sobit - Empresa especializada em automação contábil e comerciais

Até aí tudo bem, quer dizer que recebemos e pagamos, não é verdade? Mas de quem exatamente recebemos e para quem exatamente pagamos? E é ai que mora o problema de uma trabalho financeiro ou mesmo contábil que exige uma visão analítica do fluxo financeiro.

 

Mas fique tranquilo para tudo existe uma saída e é por isso que hoje neste posto vamos falar sobre os arquivos CNAB 240 e 400.

 

Arquivos CNAB 400 e 240

 

O sistema bancário brasileiro utiliza um formato padrão para receber e enviar informações digitalmente. Atualmente existem dois tipos mais comuns de arquivos dentro do padrão FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) o CNAB 240 e o CNAB 400. CNAB é a sigla de Centro Nacional de Informação Bancária. É a FEBRABAN a única responsável por determinar o formato do texto com colunas definidas. No entanto, o formato pode variar de banco para banco.

 

O que são e para que servem?

 

Os arquivos servem para troca de informações entres os clientes e os bancos, alguns bancos usam as normas do CNAB 400, outros usam CNAB 240, e outros ainda usam ambos os formatos. Entre as informações trocadas podemos citar: contas receber, contas a pagar, conciliação bancária, custódia de cheques adiantamento de recebíveis e por aí vai. Cada um desses produtos possui um fluxo de informação diferente e, portanto, um layout diferente.

Os arquivos CNABs permitem que clientes e bancos tenham acesso a uma interface de informações por meio de arquivos em formato digital. Os bancos usam o formato de arquivo CNAB para trocar digitalmente informações com seus clientes para uma variedade de produtos e serviços. Esses arquivos têm um formato fixo de texto com colunas definidas pela FEBRABAN. Cada banco tem suas próprias variações dentro do padrão. O formato FEBRABAN difere para vários produtos e serviços. A norma apresenta detalhadamente cada produto ou serviço disponível e o contexto em que eles ocorrem, identificação da origem das entidades e o destino de cada fluxo de troca de informações.

Um exemplo simples de uso dos arquivos CNAB, pode ser dado quando analisamos os processos de pagamento e cobrança de uma empresa.

Erpsobit51 - Sobit Empresa especializada em automação de rotinas contábeis e comerciais

Existem muitas empresas que recebem através de boletos bancários, então o boleto é emitido contra seus clientes que periodicamente realizam o pagamento destes boletos. O banco gera um arquivo CNAB que pode ser baixado e importado no seu sistema financeiros realizando assim a baixa dos boletos pagos.

O mesmo acontece com os arquivos para pagamentos em lote, em um determinado período o analista financeiro gera os arquivos de pagamento e importa no banco, o banco realiza os pagamentos e transferências automaticamente, no dia seguinte é possível acessar o Internet Banking baixar os arquivos de pagamento e importar em seu sistema financeiro, para realizar a baixa dos pagamentos realizados.

 

Qual a diferença entre o CNAB 400 e o CNAB 240?

 

As transações bancárias permitem diferentes tipos de layouts de acordo com cada tipo de transação bancária e instituição. Como o arquivo possui um formato padrão, o arquivo muda pouco de banco para outro. Os dois tipos de arquivo CNAB de acordo com o padrão FEBRABAN são:

CNAB 400: O CNAB 400 usa uma quantidade limitada de informações correspondente a 400 posições. O CNAB 400 se utiliza do serviço de cobrança simples e garantida, não permitindo o serviço de banco correspondente. Permite o serviço de postagem de títulos em serviços de Protesto e pelos Correios.

 

CNAB 240: O arquivo CNAB 240 usa uma quantidade maior de informações. Essas informações são disponibilizadas em 4 segmentos de 240 posições dentro do arquivo. O layout do CNAB 240 permite serviço de Custódia e Protesto de Cheques, agendamento para o pagamento de título e pagamentos de contas.

 

Abaixo lista dos principais bancos utilizam os seguintes formatos de arquivo:

Erpemnuvemambientecolaborativo - Sobit Empresa especializada em automação de rotinas contábeis e comerciais

Banco do Brasil: CNAB 400 e 240

Bradesco: CNAB 400 e 240

Caixa Econômica Federal: CNAB 400 e 240

Itaú: CNAB 400 e 240

Santander: CNAB 400 e 240

Banco Mercantil: CNAB 400

Safra: CNAB 400

Como podemos utilizar na integração contábil?

 

Muito bem, lá no início eu disse que os arquivos OFX, OFC, Extrato em Excel e outros traziam os valores recebidos e pagos via lote ou remessa de forma sintetizada, dificultando muito a conciliação financeira e contábil.

Ou seja, o processo de classificar unitariamente quem foi pago e quem pagou fica impossível, exigindo que o profissional (analista contábil), recorra a documentos para possivelmente acompanham as operações, o que nem sempre é possível.

Pois bem, estes arquivos CNAB já trazem tudo separado, tudo certo, e utilizando estes arquivos para integração contábil, assim como já é feito na integração financeira, ganhamos muito mais tempo, pois já está pronto, segregado, separado.

 

Com a ajuda de nossas soluções você conseguirá colocar estas informações em suas devidas contas de crédito, débito sem nenhum esforço recorrente, onde basta ensinar uma única vez nosso sistema e todas as vezes posteriores ele aplicará o ensinamento e você não precisará digitar mais nada, nem tão pouco passar horas e horas na conciliação financeira ou contábil.

 

Integração Bancária, Financeira e Contábil com arquivos CNAB 240 e 400
Avalie este Post!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

×
Olá, Gostaria de falar com um especialista ??