Fale Conosco
  • phone
    (11) 4606-4469
  • location_on

    Rua Araçari, 91- Parque Guarani Várzea Paulista - SP 

Deixe sua Mensagem

Qual será o futuro das empresas contábeis?

Muitos contadores já se perguntaram sobre isso algum dia, agora você pode ter a visão sobre qual será o futuro da contabilidade.

Contabilidade-no-futuro - Qual será o futuro das empresas contábeis?

Olá pessoal, eu sou Osmair Marangne diretor da SOBIT.

Bom, eu tenho visitado muitos clientes da SOBIT para cumprir com uma etapa de nosso projeto de Marketing que diz respeito a fase de coletas de provas sociais, batendo papo, tomando cafezinho, bom demais, e o melhor de tudo, ouvindo meus clientes e até quem ainda não é cliente, eu consegui insights, entender as dores destes empresários contábeis, saber como diagnosticar, poxa está sendo muito legal, eu recomendo fazerem isso é top D+.

Em uma dessas visitas um cliente me perguntou:

– Osmair você sabendo o que sabe e para onde as coisas estão caminhando teria coragem de abrir um escritório de contabilidade?

Eu brinquei e disse, está me chamando para ser sócio?

Ele deu um sorriso e disse não é isso…

Então ele disse:

– Na verdade eu já tenho escritório a algum tempo e não vejo como um negócio muito promissor, o que você acha?

Então eu respondi:

– Olha, você tocou em um ponto que eu vivo pensando, veja, quantas empresas tem em sua contabilidade:

Ele me respondeu:

– Umas 200

Então eu perguntei a ele:

– Quantos negócios diferentes você conhece?

Ele:

– Ah! Um pelo outro uns 90 diferentes, não conseguimos ainda nichar toda a carteira, por isso está um pouco sortido, embora estamos trabalhando para nichar prestador de serviço e é por isso que temos entre 100 a 110 que são prestadores de serviços de TI.

Então minha resposta foi essa:

Eu abriria sim um negócio de contabilidade, porém seria de acordo com o modelo do que ela está se tornando graças a tecnologia, ela seria uma contabilidade online,  até por quê dentro de poucos anos a contabilidade tradicional, emissão de guias, emissão de DAS, entrega de SPED, processamento de folha, bater saldo, conciliação, diário, razão, balancete e balanço, muita digitação, erros e tudo o que o contador está passando e que gera uma sobrecarga, vão ficar no passado, tudo será automatizado, não sobrará um único processo manual, e muito menos logística física de documentos, tudo digital, o fisco já sinalizou isso a anos à traz tornando o XML da NFe documento legal de representação de transação comercial e isso não vai parar!

Os sistemas como o da SOBIT e os seus concorrentes vão automatizar tudo isso, ao atender as necessidades demandadas por um contador, gerar uma melhoria evolutiva, uma nova integração, ou automação de um determinado processo, para atender um cliente, nossas empresas de tecnologia da informação, vão gradativamente gerar soluções cada vez melhores e mais autônomas.

Não existirá mais este trabalho braçal, não teremos estes prazos absurdos sobre as contabilidades, que já evoluíram muito, mas ainda tem muita coisa artesanal, como diria um cliente e amigo lá de Salvador, ainda estamos usando gelatina na contabilidade, a diferença é que agora ela é digital.

Contabilidade no futuro: o que sobra de uma empresa de contabilidade?

Eu te respondo, sobra a parte mais rica de toda e qualquer empresa no mundo, informação, quem tem informação tem tudo, vejam, uma empresa contábil pequena com 100 clientes tem no mínimo 80 negócios diferentes, empresas que faturam de 300 mil a 5 milhões por ano!

Olhando para a contabilidade dessas empresas o contador sabe com pouquíssimo trabalho e muito rapidamente, graças a sua experiência, habilidade e entendimento de negócios, qual cliente está bem, qual está mal, qual vai fechar, qual vai contratar, qual vai prosperar qual vai se endividar, qual empresa está em dia com sua saúde e qual necessita de cuidados, e também as mortas que ainda estão com as portas abertas…infelizmente, pois a morte de uma empresa representa muito coisa ruim, muita mesmo.

E não adianta falar que: – Ah! Mais a contabilidade que tenho de meu cliente não reflete a realidade dele, por que ele sonega, ele tem caixa 2,3,4,5,10,14, ele não registra seus funcionários e também não paga seus impostos.

Isso também vai mudar e vai ser goela a baixo, pode parecer utópico, mas acreditem, dentro de 5 a 10 anos nosso país passará por mudanças cívicas,  éticas, morais e culturais muito significativas e com a inserção cada vez maior de tecnologia, não só os sistemas da iniciativa privada como os sistemas do fisco, ou seja, do governo, já terão lastro de tudo e o próprio fisco poderá enviar os DARFs, Guias e DAS para o contribuinte, assim como já faz com as multas enviadas para o DEC – Domicílio Eletrônico do Contribuinte, e também as demais coisas, como enquadramento, alíquota para próximo período no caso das empresas optantes pelo simples, que de simples não tem nada, nada mesmo, mas isso também vai passar.

Você que é contador começa a perceber que eu como empresário de TI e também Analista Programador de carreira começo a absorver estes problemas para tornar eles em soluções que automatizem este processo.

Por exemplo, a própria SOBIT já tem solução para cálculo de alíquota do SIMPLES, emissão automática de notas de serviço e está a um passo de Gerar a DAS e enviar para os clientes das contabilidades! Imagina o quanto de retrabalho vamos eliminar com um simples passo!

Nossa mais isso seria o fim do contador!?

Não, na verdade é o fim do DARFista, do emissor de guias do mensageiro de coisas ruins.

Você como contador nunca teve aquela impressão de que toda vez que visita um cliente é para levar alguma notícia ruim? Um DARF, uma DAS, uma guia qualquer, um novo boleto, boleto do alvará. Vista a camisa do seu cliente, a hora que você liga para marcar uma reunião, ele já pensa: – Nossa meu o que vem agora??… seja sincero, não é isso que acontece?

Contabilidade no futuro: Você será o salvador de várias empresas!

Você terá mais tempo em sua empresa para ajudar as instituições a prosperar, dizer o que tem que ser feito, como tem que ser feito, na hora que tem que ser feito, por quem tem que ser feito, lembra 5W2H…

Você sabe exatamente diagnosticar uma empresa e poderá apoiar de perto seus clientes, encorajando-os a seguir com seus sonhos ou fazer o contrário também, quando souber que não vai dar certo, que é uma cilada, empreender em determinado negócio, você irá de fato proteger seu cliente, se isso não o fidelizar, nada mais o fará.

Olha um exemplo prático aqui:

Qual profissional ficou sabendo antes de todo mundo que as locadoras iriam morrer? Acho que nem mesmo os próprios donos de locadoras sabiam antes do contador, veja mês a mês em algum lugar do planeta um ou muitos contadores viram o faturamento de seus clientes baixar gradativamente até fecharem as portas e largar alguns honorários para trás

Outros exemplos:

Lan house, Loja de papel fotográfico, reveladoras, alfaiataria, sapataria em fim…

Poxa se você é contador e chega um empreendedor querendo abrir uma locadora, você vai deixar que ele o faça se nem questionar? Depois não pode reclamar que não está recebendo os honorários ou que a inadimplência está alta, afinal você já sabia que ele ia quebrar!

É como já falei o contador tem uma base de informação gigantesca em suas mãos e obviamente respeitando o código de ética e os limites da moralidade da honestidade e hombridade, não só pode, como deve sim ajudar o cliente que vai mal, com base no exemplo do cliente que vai bem, mas para isso tem que estar perto de ambos.

Se você tem 100 empresas na sua contabilidade, isso quer dizer que você conhece negócios que vão bem e negócios que vão mal e concorrem no mesmo seguimento, você conhece negócios que a legislação é muito complicada e problemática e de rentabilidade duvidosa e conhece outros negócios que a legislação é mais simples e altamente rentável, você sabe qual empreendimento precisa de maior capital para começar e qual precisa de muito pouco, você conhece empresas com estruturas caríssimas e pouco performática e outras muito enxutas com uma performance ímpar.

Quem poderia aconselhar melhor um empreendedor sobre o melhor caminho a se tomar?

Só tenho mais uma pergunta para você, antes de reclamar e/ou conclamar a inadimplência em sua contabilidade, você já foi dar uma volta hoje para ver como está seu cliente?

Você já salvou uma empresa hoje?

Pois esta sim deve ser sua missão! Salvar e Performar empresas, negócios!

Esse será o papel do profissional de contabilidade no futuro.

Sugiro que você leia este post: A Tecnologia pode substituir o contador?

 

Bom pessoal, eu fico por aqui.

 

Muito obrigado.

 

 

 

 

 

 

Qual será o futuro das empresas contábeis?
Avalie este Post!

Não perca mais nenhum post!

Assine nosso blog e receba novos posts frequentemente em seu email.

Comentários

×
Olá, Gostaria de falar com um especialista ??